Relato Chá de Revelação

Oi, festeiras e festeiros!
Vocês ainda lembram de mim? Sou uma das fundadoras do Entre na Festa e, na ocasião da minha saída, expliquei que estava deixando o blog para me dedicar a outros projetos profissionais e pessoais, o que incluía meu desejo latente de ser mãe.
No post de despedida, eu disse que continuaria seguindo o Entre na Festa para me inspirar e voltaria para compartilhar com vocês a festa do futuro bebê. Pois bem, voltei para cumprir a promessa. Estou grávida e acabei de fazer um chá de revelação fofo, exatamente como sonhei.
Nada contra temas tradicionais, como príncipe e princesa, ovelhinhas, passarinhos ou ursinhos, mas, confesso que tenho enorme paixão por elefantinhos. Foi essa a temática escolhida por mim e meu esposo. O papai participou de todos os detalhes, aliás, ele fez a maior questão do chá.
Como nos primeiros meses eu fiquei muito indisposta e nem parecia a festeira de sempre, queria deixar qualquer tipo de comemoração mais para frente. Por mim, faria um chá de fraldas aos 7 meses de gestação ou, quem sabe, só rolaria festa no primeiro ano do baby.
O papai coruja insistiu e eu cedi. Ele sempre se emocionou em chás de revelação, inclusive, com vídeos de desconhecidos na internet. Estava decidido! Faríamos o chá no fim de abril, período previsto para a descoberta do sexo.
Ao sair da ultrassom, às 16 semanas, o médico já tinha um veredito. Não era mais um palpite. Era certeza absoluta. Me arrependi! A curiosidade era enorme, quis cancelar o chá que só aconteceria duas semanas mais tarde. Daria tudo para saber se eu carregava em meu ventre o Enzo ou a Alice.
Meu marido pegou o envelope lacrado e levou diretamente para nossa cúmplice, a Dany da Caramelados e L´Atelier Decorações. Ela é mais do que uma doceira, uma boleira, uma decoradora ou empresária do ramo de festas. Dani é um amor de pessoa, um anjo, uma amiga que o Blog me rendeu. Tenho profunda confiança nela, que cuidou de tudo com muito carinho e não me deu uma pista sequer do sexo do bebê.
Juntamente com outros profissionais sensíveis e maravilhosos, a Dany traduziu em decoração, docinhos e personalizados tudo o que sonhei. A equipe teve a participação mais do que especial da Balão Mágico BH, com suas louças lindas, mesas cruas, painel de pallet e adornos. Não canso de falar sobre a perfeição do acervo que, além de variado, é bem conservado, é moderno e super acessível. Não é à toa que há mais de um ano faço questão de ter a Balão Mágico comigo nas festas. Obrigada, Carlinha!

Além da Caramelados, L´Atelier e Balão Mágico, preciso dizer um pouco sobre o lugar: o Beauty Space. O ambiente intimista e acolhedor, sem excessos, exatamente como eu gosto. Perfeito para festas familiares. Quem nos atendeu e deu todo o suporte foi a Veroka, uma querida. Aliás, uma queridíssima!
A comida ficou por conta da Claudinha, da tia Fátima, da Panificadora Portugal e da empresa Los Churros. A Claudinha fez pra mim torta de frango, torta de legumes, bolo de cenoura com chocolate e bolo de milho com queijo. A tia Fátima serviu coxinhas fritas na hora e os convidados até aplaudiam quando o bowl chegava à mesa. A panificadora Portugal foi responsável pelos sanduíches de atum e de frango e, a empresa Los Churros, levou um mini food truck, com opções diferentes de recheios e acréscimos. Uma atração à parte!

Se vocês repararem a decoração, vão ver um arco desconstruído de balões. Esse trabalho perfeito é da Só Alegria Festas, empresa que conheci recentemente e já amo e indico. Simpáticos, pontuais e super talentosos, eles realmente fizeram a diferença no chá.
Os elefantinhos fofos de pelúcia são da mundo festejar, os elefantinhos do painel foram feitos pelo papai prendado e os arranjos florais mais que maravilhosos são assinados pela Denise Alves, da D´flores. Para finalizar, eu não poderia deixar de citar e recomendar a empresa Cores de festa, responsável pelas mesas e toalhas dos convidados. Foi o melhor preço que achei e as toalhas adamascadas eram lindas demais. Não tenho do que reclamar!
No final das contas, eu que não queria festa agora, estou super feliz e satisfeita. Foi um domingo cercado de gente querida, repleto de amor e alegria pela chegada do meu tão sonhado bebê que agora já pode ser chamado pelo nome. Então vem, Alice! Mamãe está te esperando!
Ps: Na próxima postagem, o Entre na Festa vai postar dicas de como organizar o chá com base na minha experiência.

Deixe seu comentário